terça-feira, 2 de novembro de 2010

Os Fundadores dos Movimentos de Samael

Autora: Soraia Oliveira









Do livro "Litelantes en España":
"(...)el Maestro sabía que (los estudiantes) tomaban vino, que fumaban, que tenían su esposa en casa y dos o tres por la calle... Todo aquello él lo sabía."







Esse documento é muito interessante, pois se trata do problema que assola a humanidade desde tempos remotos, que é a busca pelo poder, pela ganância de obter para si um povo para "guiar".
Quando Samael Aun Weor desencarnou desse plano, muitos de seus fiéis seguidores, aqueles que Samael (aquele que nunca comete erros,segundo seus discípulos) deu um nome interno, pois de acordo com sua visão eles já estavam preparados para recebê-los, foram à luta pelo poder, pela instituição deixada por Samael, pois ali estariam sob seu comando inúmeros fiéis.
Samael maquiou uma igreja comum como sendo uma escola iniciática, e com certeza seus discípulos mais queridos estavam fazendo um excelente trabalho pra ele, e por isso se sentiram no direito de "guiar" os fiéis gnósticos samaelianos.
O que é mais interessante é que nessa confusão toda na busca do poder morreu um deles, que foi morto em uma emboscada.
Joaquim Amortegui, mais conhecido como "VM" Rabolú,  foi um dos que não se eximiu em empunhar sua espingarda contra todos aqueles que ele julgava "indignos" de passar o conhecimento gnóstico como cabeças da ordem. Ele perseguiu, por muito tempo, o Tahuil, pois ele havia se casado com uma de suas filhas, e por isso mereceu encarar sua arma, que ao invés de ser um trabalho mágico, ou um trabalho no primeiro fator era mesmo uma espingarda, ao qual confiava mais que ao seu "Ser Interno", ou ao "Cristo". Tahuil ficou muito tempo pra cima e pra baixo fugindo dessa bendita espingarda.
Rabolú fumava cigarros, apesar de se pronunciar contra qualquer vício, e apesar de seus discípulos também se pronunciarem contra, de forma um tanto radical, mesmo que seu "mestre" tenha sido um viciado em cigarros.
Rabolú conseguiu, depois de todo o ocorrido, guiar inúmeras pessoas que ignoravam suas contradições fatídicas, muitas dessas pobres pessoas agora estão por toda a internet, estão por aí ensinando em como eliminar seus defeitos e a controlar suas emoções. Ensinam em como resolver seus problemas através da teurgia, mas como? O "VM" deles foi incapaz de fazer aquilo ao qual ele tanto pregava e ensinava, ao invés de usar seu "poder mágico", utilizou-se de uma simples espingarda.



Esse documento acima foi apresentado ao povo gnóstico, pois Rabolú passou a ser um perigo para muitos, e nessa época muita gente saiu do Movimento Gnóstico, principalmente por ter presenciado muitos dos ocorridos que aconteceram após a morte do "grande mestre" Samael.
E o pior é que se baseiam, para agir da forma que agem, nos ensinamentos contraditórios de Samael, eles sempre apresentam um trecho do livro para justificarem seja lá o que for, pois nos livros é mesmo possível encontrar trechos que justificam todas as barbaridades pelo "Cristo".
Dna. Arnolda, segundo a Pistis Sophia, que segundo eles nunca poderia ser modificada, é apontada como a Cabeça da Ordem depois de Samael, mas parece que a Pistis Sophia pode sim ser modificada, e como podemos observar realmente parece que a esposa de Samael ficou esperando ele voltar à vida, e por isso nada fez para reclamar "seu poder" dentro do Movimento, estranho como os fatos apontam sempre para a mesma direção.
O mais interessante é que Lakhsmi também tomou partido na tomada do poder, pois abriu uma ordem ( a antiga), e entregou ao povo uma versão bem conveniente de que os três traidores de Samael eram Dna. Arnolda (mesmo sendo mencionada na Pistis Sophia como sendo a sucessora) fundadora do IGA, o Rabolú (o da espingarda) fundador do Movimento na Nova Ordem e Fernando S. Bañol (secretário pessoal de Samael) fundador da FUNDASAW, e que ele (Lakhsmi) estava encarregado de colocar "ordem" no galinheiro.
Fernando Salazar Bañol uma vez quis enganar a Comunidade Gnóstica, convidando em 1978 os estudantes para viajar de navio ao Triângulo das Bermudas, pois é baratinho, e ele enviou uma carta assinada por ele, que ele se encarregaria de tudo relacionado à viajem, mesmo sabendo que seu mestre Samael aconselhou que não se fizesse isso, pois seria um caminho sem volta, sabe-se lá por que ele queria mandar os estudantes para esse caminho "sem volta" mencionado por Samael.
No movimento da Antiga Ordem,a preocupação com a imagem virou prioridade, é mais importante até do que pagar suas dívidas, tudo vale pelo Cristo, e muitos estudantes viraram secretamente adeptos da "perna esquerda"(fora da lei), pois usam uma passagem que é inclusive ensinada na câmara A que é "Uma lei superior lava uma lei inferior",pode ser, eu não discordo dessa passagem que teria seu fundo de verdade, mas ela virou o motivo para que não pagassem suas dívidas com pessoas externas, e para não pagarem seus aluguéis atrasados, nos quais reside o templo gnóstico dito sagrado, afinal, é pelo Cristo.
Lakhsmi sempre aparecia com modificações nos atos Litúrgicos, mesmo que esses eram entregues pela "Loja Branca" nos mundos internos. Mas se ela entregou, por que tantas modificações? Ela entregava sempre tudo errado depois ia corrigindo tudo no decorrer do tempo? E pior, sempre diziam que nunca se poderia modificar nada na Liturgia, pois ela era uma forma de forças internas serem condensadas, e se modificasse uma vírgula poderia se modificar o resultado. Mas dizer e fazer são duas coisas bem distintas. Se isso é verdade, então ela funciona como uma lei natural, e leis naturais não mudam o tempo todo, basta uma observação simples na natureza para percebermos isso. Existem coisas que não percebemos. Mas que se modificaram? Isso não existe. E se eles são mestres da "Loja Branca", e são "seres despertos", devem conhecer as leis naturais, não é mesmo? Porém, existem tantas mudanças litúrgicas. Das duas uma, ou o mestre não é nada, ou então os mestres da tal loja branca não são mestres e não existem. Ou os dois, vai-se saber, não é?
São essas pessoas quem fundaram esses movimentos, e elas é que foram os "gurus" daquelas que estão por aí ensinando a fazer um trabalho psicológico por toda parte que se vire, tanto na internet como de outras formas.
Outro discípulo se chama Ernesto Barón, ele fundou o CEG em 1983 e tem milhares de estudantes, ele se separou da mulher e mora com uma jovem que acreditam ser Crsitificada, ele é riquíssimo, mora na Europa, já editou dezenas de livros (parece que não é só a Antiga Ordem que gosta de vender livros,a Antiga Ordem tem uma editora,o dono é o filho do vigário nacional,e ele também vive financeiramente bem), dizem que a escola de Ernesto Barón é altamente hermética (apesar de que a igreja gnóstica é uma igreja comum, mas insistem em colocar esses nomes iniciáticos para dar um ar de igreja trascendida), mas o hermetismo que Samael deixou se chama Liturgia e terceira câmara, e isso é encontrado nesse blog. Na terceira câmara eles tratam de assuntos que julgam delicados de se dizer em câmaras básicas, como por exemplo o tema "Lúcifer", que eles veneram como sendo o grande iniciador, mas escondem isso das câmaras básicas.
Muitos deles dizem ter uma carta do "mestre " Samael, deixando eles como sucessores, o problema aí é que existe uma carta com cada um deles. Lakhsmi mesmo é um que diz ter essa carta, mas Rabolú também a possui, e dizem que ele falsificou a carta, sabe-se lá com qual dos mil discípulos está a carta verdadeira, apesar de ter na Pistis Sophia revelada que quem era a sucessora seria a Dna. Arnolda.
As contradições, caros colegas, muitas vezes não estão nas palavras, mas sim nas ações das pessoas que proferem as palavras, todo o cuidado é pouco com manipuladores, por que eles ditam aos outros o que eles devem fazer e fazem o que convém a eles, fazendo com isso que tudo vá à direção que ele julgou sendo o melhor (muitas vezes apenas para beneficiar a ele mesmo), e inclusive não vêem problemas em arrumar alguns escravos para servir aos seus intentos, tudo que chega ao estudante ocultista deve ser analisado com muito cuidado, e o mais importante, prestar atenção aos fatos, afinal falar qualquer um pode falar qualquer coisa,mas resultados para apresentar é uma outra coisa bem diferente e bem mais complicada.
Eles escondem muitas histórias sobre os dirigentes samaelianos para que os fiéis não se assustem e "saiam do caminho" mas só se for o caminho da falta dos verdadeiros resultados apresentados em forma de fatos.
Claro que não existe problemas se uma pessoa resolver fumar o beber o seja lá o que for, de forma nenhuma estamos aqui a fazer julgamentos morais, não é esse o problema, mas o grande porém é que a pessoa está fazendo um discurso até fanatizado, mas as ações não correspondem com o tal discurso, esse é o grande problema.

"Os "mestres" Rabolu-do e o Garga Kuithines, os principais discipulos do farsante já brigavam em vida, e após a morte deste, o Sr. Joaquim Amortegui Valbuena (vulgo rabolu) invadiu o templo S.S.S. da Colômbia com seus comparsas e mandato judicial,  enfim, pancadaria geral entre os "iluminados".
O relato mais pitoresco vem do tal "mestre" Thahuil (fábrica de mestres samaelianos) no livro: "Memórias do Sumun Supremun Sacntuarium" que relata que quando El Bruxo Samael chegou na Serra nevada de Santa Marta a vida dos indígenas e caboclos indolentes de roça irmãos Amortegui se limitava a tomar cachaça (destilada direto do alambique) e plantar milho. E quando Samael dava uma palestra todo mundo achava que o "doutor" falava bonito mas ninguém entendia lhufas. Olha onde ele foi catar seus "iluminados" de "vidas passadas"."



Os frutos e a colheita de "iluminados" de Samael
"Monastério" da seita "Tao" ("Patriarcado de la Santa Iglesia Tao Cristiana Universal S.O.S. de Rescate Interoceánico"), do ex-missionário gnóstico e discípulo direto de Samael que agora se intitula "mestre" Kelium Zeus Induceus, estourado pela polícia da Colômbia, até granada de fragmentação tinha no local.

http://www.keliumzeus.net/
http://www.keliumzeus.net/canal_rcn.html




Abaixo vai a tradução do documento acima apresentado.



Tradução do documento


Detalhes para averiguação:
Sumum Supremum Santuarium
Supremo Conselho Gnóstico Executivo Nacional
Sede Central Magdalena-Colômbia S.A.
Rua 12 número 14-04 A.A. 13 e 31 tel.785
Sede Partiarcal-Bogotá A.A.34 001
M.G.C.U. Personalidade Jurídica:No. 050 de 20 de fev de 1961
(governo de Magdalena)
I.G.C.U. Personalidade ,Jurídica No. 1345 de 4 de maio de 1976



INFORMAÇÃO AO POVO GNÓSTICO CRISTÃO UNIVERSAL

Desde o mês de outubro de 1978,nosso Movimento Gnóstico tem, passado por uma série de perseguições,assim:

Em outubro 25/78,o senhor Joaquim Amortegui,e 40 áulicos e seguidores tomaram a Sede Central,mediante um relatório obtido do ex governador Sinning Eraso,onde consta que Joaquim Amortegui era o novo presidente do Movimento Gnóstico na República da Colômbia.O acompanhava o advogado Andrés Velez Martinez,seu empresário e empreiteiro ou mesmo governador de Magdalena para litigiar em favor do Departamento,e por conseguinte com acesso ao departamento legal,desde onde trabalhava para o departamento de Magdalena,desde onde pode haver três assembléias,assim:
2 diz que fizeram em Santa Marta não confirmadas por nós,como eles foram privados e outra em Medelin que foi revogada também pelos nossos advogados,em poder dos joaquinistas se encontram nove templos onde se rebelaram e se apoderaram dos bens do Movimento Gnóstico e os reteram.

As portas da Sede Central tem tido que permanecer fechadas para evitar um confronto com seus raivosos proselitas.

Assim pois,que para resolver o problema da Sede Central,onde os Joaquinistas permaneceram 3 dias tomando vinho,fumando e destruindo documentos e fechaduras,e etc.,tivemos que pedir proteção ao Prefeito de Ciénaga ao qual ordenou desalojar a Sede Central mediante Resolução,e saímos todos,gnósticos e joaquinistas,ao dia 27 de outubro de 1978,Logo por meio de nova Resolução # 027 de outubro 20 de 1978 se nos restituiu ao bem que se havia tomado por mal o mencionado senhor Amortegui com seu fiel advogado Vélez Martinez.

Assim mesmo os Joaquinistas propiciaram outra invasão ao Sumum Supremum Santuarium,no dia 1 de fevereiro do presente ano,valendo-se da incapacidade em matéria jurídica,do senhor inspetor do Corregimento de São Pedro de La Sierra pertence ao município de San Juan del Córdoba cujo cabeçalho é a cidade de Ciénega-Departamento de Magdalena.O advogado do senhor Amortegui apresentou a ordem do ex-governador Sinning Erazo ,onde dava testemunho que no departamento legal o governo estava processando a legalização do novo presidente do Movimento Gnóstico,era o senhor Joaquim Amortegui.O inspetor que era um grande amigo dos familiares de Amortegui,tomou os agentes de polícia e lhes entregou o Sumum Supremum Santuarium,nosso curso de 4 de fevereiro,já havíamos levado ao Sumum,muitos estudantes interessados em preparar-se como missionários.A esses fizeram sair,já que o justiceiro,senhor Joaquim Amortegui,ao tomar posse do imóvel deu ordem de desabrigar o senhor Félix Cifuentes,a sua senhora esposa Blanca de Cifuentes e sua pequena filha Cecília Cifuentes.

O irmão Héctor Victor Sacco,argentino que se encontrava no Sumum para ingressar como assistente ao curso que começava em 4 de fevereiro,apenas se deu conta da tomada do Sumum à base de pontapés e aviso dos diretivos irmãos Pedro e Celestino López Lindo.A maioria dos usurpadores,com don Joaquim sendo a cabeça e o advogado Vélez Martinez eram os mesmos reincidentes que tomaram a Sede Central,a seu devido tempo serão chamados ante as autoridades competentes.

Em 4 de fevereiro me encontrava no Monastério de Ocotepeque,República de Onduras na fronteira conjuntamente com El Salvador e Guatemala onde celebraria o 4 de fevereiro o novo ano espiritual de aquário.Entramos em comunicação com a capital Tegucigalpa e de lá nos comunicou o missionário internacional,senhor Alfredo Britto,que já saiu o comunicado que don Joaquim Amortegui havia tomado o Sumum Supremum Santuarium.Depois soubemos que esse missionário foi visto em Ciénaga,o viram na ponte de La Barra,vila Viejo,e em seguida em Barraquilla,não voltou para a Sede Central já que veio da Venezuela desde Barquisimeto onde teria como prova o Doutor Rafael Nieto,Vigário Nacional da Igreja Gnóstica Cristã na Venezuela.Esse missionário havia renunciado ao Movimento e à Igreja,com justa razão me disse no México o Mestre,eu vou fazer você conhecer os teus inimigos,quando eu te dizia que não tinha inimigos nas fileiras gnósticas.

A Prefeitura de Ciénaga ditou a Resolução # 019 com data de março,6 de 1980,mediante ao qual rechaça a atitude de vandalísmo de Joaquim Amortegui Balvuena,seus seguidores e seu advogado Velez Martinez,concedendo aos irmãos Pedro Lopez Lindo,Presidente e Vice-Presidente do Movimento Gnóstico Cristão Universal respectivamente,proteção policial e ordenando a entrega do material do Sumum Supremum Santuarium e a casa do peregrino que teve que permanecer fechada por mais de um mês depois de haver sido sequestrado pelos desordeiros.Em vista dos acontecimentos anteriores e checados todos os requisitos jurídicos,mediante carta ofício # 075 de 25 de março de 1980,a Prefeitura Municipal de Ciénaga,doutor Jaime Duran Ortiz,ordena ao senhor Comandante do Posto de polícia de São Pedro de La Sierra,fazer a entrega formal e o material da casa do peregrino e Sumum Supremum Santuarium aos irmãos Pedro Lopez Lindo,e Celestino Lopez Lindo,quem ao dia 26 de fevereiro se transportaram com um grupo de irmãos de Ciénaga para receber tal imóvel.

Portanto na Semana Santa será celebrada como todos os anos com os rituais de quinta e sexta feira santo.O Mestre Gargha Kuichines comparecerá no monastério Lumen de Lumine,de La Grita,Tachira,República de Venezuela,onde comparecerão peregrinos de todo o país.

Ao povo gnóstico,pedimos manter a calma e manter-se alerta e vigilante como vigia em época de guerra,permanecendo fortes e invulneráveis,para que não sejam arrastados pelas forças do mal.
Para nós a mulher é o altar onde o varão ou sacerdote oficia no templo vivo.Proibir aos nossos estudantes os rituais é o mesmo que proibir-lhes a transmutação alquímica do Altar.Isso é um grave delito,de fato estamos contra a mãe natureza.Isso é como proibir-lhes o ingresso ao Éden.


Bom,colegas,como vemos,falar palavras bonitas é fácil, falar qualquer um pode falar qualquer coisa, mas as ações tem que corresponder às palavras, senão as palavras nada valem, não é mesmo?

Destaques especiais:


"Ao povo gnóstico,pedimos manter a calma e manter-se alerta e vigilante como vigia em época de guerra,permanecendo fortes e invulneráveis,para que não sejam arrastados pelas forças do mal."

Eles aqui apelam quase que chorando para que as pessoas não se deixe levar pelos resultados apresentados, esses são os resultados, mas eles querem que as pessoas se baseiem em palavras bonitas.

Falando em palavras bonitas,vejam isso:
"Para nós a mulher é o altar onde o varão ou sacerdote oficia no templo vivo."

É isso que a mulher é na doutrina fálica, um templo, um vaso, segundo o próprio Samael. Se quebrou então troca.
Claro que eu de forma nenhuma critico as mulheres que escolhem esse caminho, mas eu estou direcionando essas palavras e destaque para as mulheres que ainda não perceberam e pensam que se trata de uma outra coisa. Prestem atenção nas entrelinhas das obras de Samael,e veja que eles não negam, tudo está bem claro, e Samael nunca escondeu isso de ninguém, tudo é uma questão de percepção. Tudo é uma questão de observar os resultados desses trabalhos, de observar os fatos apresentados a nós.